Brasil: Governo apresenta novas iniciativas para o hidrogênio

Durante o Fórum Ministerial do Diálogo em Alto Nível das Nações Unidas sobre Energia, realizado no dia 24, o governo brasileiro apresentou o pacto energético sobre hidrogênio, que visa contribuir para a consolidação da economia do hidrogênio. A assessora especial em assuntos regulatórios do Ministério de Minas e Energia, Agnes da Costa, anunciou que o governo estreará um Programa de Pesquisa e Desenvolvimento de Hidrogênio, com previsão para iniciar em 2022 e receber as primeiras propostas de projetos. Thiago Barral, presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), afirmou que o planejamento energético passará a dar mais importância para o hidrogênio. O presidente da EPE destacou que o Plano Nacional de Energia (PNE) 2050, já aponta o hidrogênio como uma tecnologia disruptiva essencial para uma economia de baixo carbono. Além disso, afirmou que o Plano Decenal de Energia (PDE) 2031 terá uma seção exclusiva para a fonte de energia e abrangerá detalhes sobre o tamanho do mercado de H2 e quais as oportunidades para novos desenvolvimentos e aplicações. O Diretor do Departamento de Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Carlos Alexandre, anunciou também o lançamento de uma plataforma online que promoverá informações para os cidadãos, companhias e associações sobre o Programa Nacional de Hidrogênio. (Petronotícias – 25.06.2021)