Brasil: Quair planeja investir bilhões para construir usina de H2V no Porto de Suape, em Pernambuco

O hidrogênio é o combustível do futuro. Quando sua produção tem o processo de eletrólise alimentado por energias renováveis, o mesmo é denominado como hidrogênio verde (H2V). Além do mais, o hidrogênio tem uma versatilidade excepcional para o contexto de transição energética, podendo ser aplicado em diversos setores, até mesmo nos fertilizantes para o agronegócio, como a amônia, do qual o Brasil é um importante consumidor. Nesse sentido, para conseguir descarbonizar o sistema energético de Pernambuco, a Quair Brasil, empresa de origem francesa, planeja implementar uma usina de H2V no estado, no Porto de Suape. Com um investimento que pode chegar a 20 bilhões de reais, o projeto planeja a instalação de quatro conjuntos de eletrolisadores, além de que, vai dispor de outros processos, como o bombeamento e a liquefação, para assim conseguir exportar o hidrogênio com maior eficiência. Estudos por parte do governo do estado já estão sendo realizados, para assim viabilizar a introdução do projeto, que planeja ter sua construção o maior rápido possível. (Diario de Pernambuco – 28.05.2021)