Omã: Governo e empresas planejam construir a maior usina de hidrogênio verde do mundo

O Omã, país do oriente médio, é fortemente dependente do petróleo e gás. No entanto, com as reservas desses combustíveis fósseis diminuindo, o país está trabalhando para uma maior diversificação econômica e industrial. O Omã está visando a produção de energia por meio de fontes renováveis, como passo para proteger o país do colapso econômico nas próximas décadas. No âmbito do hidrogênio verde e seus projetos, o país está pretendendo construir a maior usina de hidrogênio verde do mundo no Mar da Arábia, entrando em operação no início de 2028 e alcançando a capacidade total em 2038. Com um financiamento de € 30 bilhões, de empresas estatais e privadas, a usina terá 25 gigawatts (GW) provenientes de fontes de energia solar e eólica, produzindo 1,8 milhão de toneladas de hidrogênio verde e 10 milhões de amônia verde por ano. Por fim, em termos de destinação, o hidrogênio produzido será levado para o mercado europeu e asiático. (Azo Cleantech – 23.06.2021)